void life(void)

Deixando de lado as piadas maldosas que andei lendo sobre a ISO (sim, a ISO virou piada) com coisas do tipo “A bagunça na ISO é tão grande que eles não conseguiram o ISO 9000″ ou ainda “Sabe o significado de ISO: I Sold Out”, acho que a pergunta que fica realmente é: Eles realmente ganharam ?

A minha resposta para isso é que perdemos todos.

Eu pessoalmente perdi minha privacidade, perdi minha “segurança financeira”, perdi minha paciência (que nunca foi grande mesmo) e perdi o que me restava de respeito por determinada empresa no mercado (sem contar férias, Natal, Ano Novo, Carnaval e todos os finais de semana que poderia ter ido surfar e curtir a vida com minha família que acabei deixando de lado para ficar em casa estudando a agora “Piada Internacional… opz, desculpe… Norma Internacional”.).

Minha opinião pessoal é que (sem citar nomes, ok ?) diversos países perderam simplesmente sua “soberania tecnológica”, alguns perderam o “respeito internacional” e outros “perderam tempo mesmo”, afinal de contas passar meses e meses analisando alguma coisa a sério para dar uma “marmelada dessa” no resultado final é realmente decepcionante (aliás, tô devendo desde já um nariz de palhaço para todos os colegas da ABNT… “Tem marmelada na ISO ? Tem sim senhor…”).

Já que gosto de piadas, esta agora só minha família vai entender, mas tá vendo mãe, quando eu era criança eu não te falei que eu queria ser palhaço ? Achou que o diploma de Engenharia, a Pós Graduação e as inúmeras madrugadas de sono iam me livrar disso ? Eles conseguiram mesmo… Palhaço Internacional (por essa a senhora não esperava, heim… estrelato internacional…).

Acho que o destino disso tudo me lembra um pouco outra história: Não menti, não roubei, não enganei e perdi… só posso ser uma coisa: BRASILEIRO !!!

E é por esta constatação que troco agora minha resposta: Ganhamos de verdade !!!

Nós, Brasileiros, ganhamos por ter entrado em uma batalha dessas e ter saído por cima (sem dedo no olho e nem golpe baixo). Jogamos segundo as regras do jogo, ainda que alguns interessados tivessem tentado dar a “sua versão” das regras do jogo o tempo todo.

Ganhamos ainda, pois saimos fortalecidos. Nunca fomos tão respeitados no mercado internacional de TI e nunca uma discussão sobre padrões abertos fez tanto parte da agenda de tantas pessoas no mundo e portanto, nunca pudemos falar com tanta propriedade a um público tão seleto. Ganhamos por ter unido nessa discussão gregos e troianos e por termos descoberto que empresas rivais no mercado conseguem sentar, discutir e construir juntas. Este é para mim um novo paradigma, que vai logo logo dar frutos a todos os envolvidos.

Ganhamos também, por ter mostrado a todo o mundo que problemas são problemas e que as decisões técnicas de verdade são simples assim, quase booleanas (ou certo ou errado… o mais ou menos é marketing… bem que minha professora da quinta série falava isso e eu chamava ela de filha da… deixa prá lá).

Se a decisão é de que problemas são “coisinhas”, ela não foi técnica e portanto ganhamos todos um grande exemplo de onde se chega quando se coloca a boa técnica de lado (ou alguém aí consegue, sem consumir substâncias alucinógenas, acreditar que ter CINCO RECOMENDAÇÕES OFICIAIS PARA SE ESCREVER UMA SIMPLES DATA é algo lógico e natural !!! E que isso ainda irá contribuir para o aumento da interoperabilidade ?). Prá falar a verdade, como fã de Rock’n Roll eu até que vi um bom “revival” da lisergia dos anos 70 nisso tudo (pois só com muito LSD na cabeça eu talvez conseguisse explicar e defender publicamente a tese de que uma só norma internacional é na verdade cinco que na verdade possue duas cláusulas de conformidade que a torna dez sendo ao mesmo tempo uma… fiquei até tonto só de pensar nisso para poder escrever…e olha que eu não tomei nada, heim…).

Ganhamos de novo quando vemos que nosso ODF, norma ISO-26300 era tão perigoso que fez uma empresa patrocinar uma verdadeira guerra mundial apenas para poder ter o direito de poder falar “no mínimo, tenho o mesmo status que eles”. É uma pena que ela tenha seguido a estratégia de Maquiavel e que passará os próximos cinco ou dez anos explicando publicamente os “meios que se justificaram pelos fins” (eu não me aguento, mas e se o fim for o fim ? Dá prá justificar algum meio ? Só com LSD de novo !!!).

Saimos no lucro também por ver que as decisões tomadas pela ISO são realmente decisões movidas por interesses empresariais e comerciais e que por isso, esta história de “A ISO falou tá falado” é mesmo conversa prá boi dormir (e cá entre nós, prá mim a ISO 9000 sempre foi uma piada de mal gosto mesmo, mas deixa prá lá)…

Prá resumir o lado do “ganhamos de verdade”, acho que ganhamos todos por termos perdido a inocência e por termos descoberto que até as coisas que considerávamos mais sérias e sólidas no mundo podem realmente ser corrompidas ou ao menos seriamente distorcidas (e que fique aqui a todos uma grande lição de casa, como quebrar os mecanismos de corrupção até agora explorados).

Como sempre disse e repito (e talvez por isso seja chamado de polêmico), uso e defendo o ODF por uma “simples questão de higiene”.

No final, agradeço à Microsoft por nos ter feito perder ao menos um ano de nossas vidas para aprender lições tão importantes e realmente lhes desejo muita boa sorte no futuro. Vão precisar, pois com a reputação como a deles hoje e com a “vitória histórica” de uma norma que pede a todos nós para “fingir que existiu o dia 29 de Fevereiro de 1900″ realmente eu agora entendo o motivo prá tanto Service Pack.

Aliás, três perguntinhas para a Microsoft sobre o OpenXML:

1 - Quando o Microsoft Office vai suportar a IS 29500 (ele agora suporta apenas o ECMA-376, que é uma especificação diferente) ? E quais delas serão suportadas (IS 29500-1, IS 29500-2, IS 29500-3, IS 29500-4, IS 29500-5) com quais classes de conformidade (viu como agora vai ser bem fácil comprar uma suite de escritório que suporte o OpenXML…) ?

2 - Quando sai o próximo Service Pack do OpenXML ?

3 - Vocês já prepararam algum mecanismo de Auto-Update na ISO ? Vai ser via plug-in ou via backdoor mesmo ?

Cheers from Brazil,

Jomar

PS. Por tudo o que vi neste processo, não tinha dia melhor para o resultado ser divulgado internacionalmente: 1 de Abril…

Share/Save/Bookmark

23 Responses to “OpenXML: Eles realmente ganharam ?”

  1. Andre Noel » Blog Archive » Desabafo sobre OOXML, ISO, etc.

    […] escrevendo apenas para dizer que vale a pena ler o desabafo do Jomar a respeito da aprovação do OOXML como padrão pela […]

  2. dudus

    N~ao sei se ‘e verdade mesmo, ou ‘e a pior piada de 1o de abril do ano. Mas acho que esse ‘e um resultado que todos j’a estavam esperando, mesmo que quisessem de alguma maneira negar. Eu acreditei que isso at’e poderia ser evitado, ainda mais depois de todo o trabalho duro que eu vi o Brasil fazer, ali’as Jomar, Avi e Co LTDA est~ao de parab’ens, o pa’is mostrou para estes man’es da ISO como se analiza uma especifica’c~ao usando os crit’erios que eles mesmo criaram mas que nao foram capazes de seguir. E que paises ditos de 1o mundo tamb’em nao tiveram a capacidade tecnica para analisar, e ao inves de se abster resolveram jogar a toalha, por lobby, interesses pessoais ou simples e pura preguica ou conformismo.

    Agora temos 2 padroa para o mesmo fim. Uma empresa com ma reputacao e mais motivos para manter seus usuarios dependentes de seus produtos caros, uma organizacao de certificacao sem prestigio e uma classe de estudiosos desiludidos.

    Bom post Jomar

  3. dudus

    PS: desculpe pelos acentos…. eu tava brincando com o Xorg aqui e n~ao sei mais o q eu fiz,..

    *tsc*

  4. Vitorio Y. Furusho

    Pessoal,

    No Brasil estamos acostumados a ver cidadãos que se vende por um quilo de farinha de mandioca para votar.

    Na ISO vimos muitos países, covardes e/ou incompetentes, não votaram, tais como os nossos vizinhos: Chile e Argentina e outros “importantes” países: Holanda, Austrália, Bélgica, França, Itália, Rússia, Espanha, Luxemburgo, Malásia, Siri Lanka, Turquia, Vietnã, Zimbaue e Quênia. Todos esses abstiveram-se.

    Terrível!!! agora os softwares suites de escritórios ficarão como carregadores de celular, bivolts (com ODF e OpenXML).

    Poderíamos ter um mundo mais inteligente e ecológico, economizando energia, desmatando menos, poluindo menos, etc. Mas não isso que países como Chile, Argentina, Holanda, Austrália, Bélgica, França, Itália, Rússia, Espanha, Luxemburgo, Malásia, Siri Lanka, Turquia, Vietnã, Zimbaue e Quênia, pensam ou não pensam, com certeza não usam a massa cinzenta para um bem comum.

    Para os que votaram a favor, alguns poucos conscientemente mas, muitos são como ventos, aliciados.

    Vamos propagar o ODF OpenDocument Format, é livre, aberto e excelente!

    Já temos a Lei paranaense, em breve a federal, que aliás, é importantíssimo. Muito mais agora.

    Parabéns aos amigos Jomar, Avi, Taurion, Menezes, Bimbo, Marques, Cassino, Murilo, Corinto e todos os companheiros de luta.

    Agora pessoal, vamos a lutar!!! a vida continua.

    Abraços a todos.

  5. Evaristo

    Primeiro, parabéns pelo comentário e pela luta que redundou na posição do Brasil. Mas gente, a corrupção é endêmica e o dinheiro é um poder avassalador, sempre foi. Diante disso, como disse o colega acima, vamos a luta!!! A vida continua.

    Vamos seguir fazendo o nosso produto (software e formatos livres) cada vez melhor, como já está.

    Por fim, novamente vou citar o Vitorio: precisamos da lei federal e manter a atenção para que não sejamos soterrados por “aquela” empresa e suas tátitcas.

    Abs.

  6. ricardo

    Sobre o Vitorio falou desses países, foi realmente triste. mas o pior é ter constatado distorção em votos importantes como o da Noruega, que chegou a pedir publicamente a mudança de seu voto para Não - digamos que 24 votaram Não, 2 Sim e o voto da Noruega passou como Sim… triste! Fora outras várias irregulariedades como na *Itália*, Portugal, França, Alemanha, Polônia, *Holanda*, Suíça, Suécia e vários outros, incluindo os EUA.

    Realmente, aquela frase deles “Money Talks” é verdadeira. E imagino como envergonhados muitos técnicos ligados as esses países ondem houve distorção estão. Eles estudam, investigam e concluem que não presta como padrão. Votam contra. E seu voto passa como Sim ou “Absteve”.

    Pois é!

    Link interessante:
    http://people.ffii.org/~abarrio/openxml.info/isodis29500-votes-map-20080402a-big.png

  7. daniel

    Dá para perceber que você fez engenharia, mesmo! Além da cabeça fechada, típica daqueles que preferem assistir televisão à fazer qualquer outra coisa, há, no artigo, uma grande quantidade de besteira, à parte o fato da lamentável aprovação do padrão OOXML.

  8. OOXML = ISO 29500 - Microsoft Ganha, todos perdemos « Linux… e mais coisas

    […] por um padrão realmente técnico e correto ser atropelado por um rolo compressor vindo de Redmond:OpenXML: Eles realmente ganharam ? | void life(void) Se a decisão é de que problemas são “coisinhas”, ela não foi técnica e portanto ganhamos […]

  9. homembit

    Para Daniel:

    Gostei da sua colocação…

    Eu passei o último ano trabalhando e analisando o OpenXML, além de ter participado da
    decisão na ABNT e acompanhado muito de perto a decisão em mais alguns paises.

    E vc… estava em casa assitindo televisão ? Se não estivesse, ia ver que de besteira o artigo não tem nada e aliás, quem me dera poder contar publicamente TODOS os detalhes que conheço sobre esta decisão… Por mais que se esforcem, os roteiristas de TV nunca vão chegar nem perto de criar uma história parecida.

    Obrigado pelo seu comentário e realmente gostaria de saber se você escreve “suas besteiras” em algum blog ou se guarda prá vc mesmo… enquanto assiste TV :)

    Abraço,

    Jomar

    PS.: Fico feliz que ainda assim lamenta a aprovação do OpenXML… você perdeu um seriado daqueles !!!

  10. O OOXML foi infelizmente aprovado pela ISO | Open2Tech

    […] obrigado a concordar totalmente com o que o Jomar Silva disse em seu blog: “Tem marmelada na ISO ? Tem sim senhor…“. A imagem que postei no artigo imediatamente anterior a este, tratando a respeito deste […]

  11. muriloht

    Jomar, VI sua palestra no latinoware2007, que por sinal achei excelente!

    Acompanhei à distância as notícias que eram relacionadas à esta votação desde o início até esse desfecho absurdo. É realmente lamentável!

    Mas os pontos positivos citados acredito que são bastante importantes, uma de muitas outras batalhas que com a popularização o SL cada vez mais vai enfrentar e as experiências adquiridas são extremamente importantes para o crescimento.

    O que todos nós usuários/desenvolvedores temos a fazer é continuar neste caminho, que no mínimo como você disse, estamos incomodando e MUITO e em MUITO também estamos à frente dessas porcarias proprietárias que eles agora tem “direito” de chamar de padrão, mas esta muito longe de ser um.

    Parabéns a você e toda a equipe pelo esforço!

    []’s

  12. Carlos Barbosa

    Sempre achei que as normas ISO existiam para subjugar os mais fracos. Agora isto está mais claro do que nunca.

    Infelizmente, a maioria da população mundial está pouco ligando para isso. Ontem postei nas comunidades Linux Brasil e Ubuntu Linux Brasil no Orkut esta terrível notícia. Os quase sessenta mil membros destas comunidades reagiram com plena indiferença ao tema.

    Infelizmente continuaremos a ver por aí uma verdadeira idolatria pelas ISO 9000, 14000 e por aí vai.

    Bem, o pior aconteceu. Temos agora que levantar a cabeça e seguir em frente com a nossa luta. Há o importante projeto de lei do deputado Paulo Teixeira que precisará de uma mobilização intensa nossa para que possa ser aprovado. Se o monopólio foi capaz de subjugar nações de peso pelo mundo inteiro, muito mais fácil será subjugar nossos “ilustres” deputados e senadores.

    Vamos em frente. Todo império e todo monopólio um dia se corroi e se auto-destroi pelos seus próprios erros.

  13. Zé Henrique

    “Tudo que é sólido desmancha no ar”

  14. OpenXML aprovado como padrão I$O « [tecno-logic]

    […] aprovado como padrão I$O Posted 3 abril, 2008 Foi de uma forma estúpida, mas o porco projeto da Microsoft foi aprovado como padrão de documentos pela ISO. Incrível ver o […]

  15. ISO agora significa: I Sold Out? « asf@web

    […] o desabafo balanço final de Jomar Silva (Diretor Geral da ODF Alliance - Chapter Brazil) sobre a votação e aprovação o […]

  16. Gustavo Fiorante

    Olá Jomar,

    Parabens pelo excelente post. Essa pseudo vitória que o OpenXML conseguiu é uma motivação a mais para o ODF, pois ele foi baseado na legitimidade e nos desejos da comunidade, não foi apoiado por uma corporação e além de tudo com diversos erros.
    Estou iniciando um mini projeto de iniciação cientifica abordado os dois padrões. Tinha uma visão para a abordagem do meu projeto que agora terá que mudar, mas com certeza continuarei defendendo o ODF e pretendo expandir o mesmo para a minha faculdade, UFSCar.
    Enfim estava meio triste com essa vitoria da microsoft, mas depois do seu post ganhei mais animo para o meu projeto.
    E já estou vendo qnd o OpenXML entrar no mercado a quantidade de relatorios que teremos que mandar para a Microsoft vai ser absurdar, vista a quantidade de erros na pequena documentacao deles.

    Gustavo.

  17. Global Voices Online » B-razi-loggers Rage and Roll Against ISO Approval of Microsoft Standard

    […] de celular, bivolts (com ODF e OpenXML). (Comentário de Movimento Software Livre Paraná em Open XML: Eles realmente ganharam?) There were many countries at ISO who, out of cowardice and / or incompetence, failed to vote. […]

  18. Eco-Rama » B-razi-loggers Rage and Roll Against ISO Approval of Microsoft Standard

    […] There were many countries at ISO who, out of cowardice and / or incompetence, failed to vote. Among them were our neighbors Chile and Argentina, and also other ‘important’ countries such as Holland, Australia, Belgium, France, Italy, Russia, Spain, Luxemburg, Malysia, Sri Lanka, Turkey, Vietnan, Zimbabwe and Kenya. All of these were absent. Terrible!!! Now office suites software will be like cell phone chargers, bivolt (with ODF and OpenXML). (Comment from Free Software Movement from Paraná at Open XML: Did they really win?) […]

  19. Padrões ISO « Alexsandro’s Weblog

    […] OpenXML: Eles realmente ganharam? […]

  20. Lamentável « geek, nerd, nanico

    […] para todos. Poderia descorrer muita coisa aqui, mas tudo o que eu gostaria de falar já foi dito nesse site. Contudo, acho que uma coisa pode ser adicionada, uma explicação simples para […]

  21. caco

    oiiii

  22. Arnold Goodwin

    8a9c1oc8pyuv45t1

  23. Aderlan Silverio

    Já que privatizamos a padronização, que tal utilizar o padrão Google?

Deixe seu comentário

Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
Creative Commons License