void life(void)

O Fork Blues…

June 4th, 2010

Há alguns meses, eu estava em casa tomando uma cerveja e tocando violão, quando me apareceu um riff de blues na cabeça. Imediatamente conectei meu violão elétrico ao meu notebook, e gravei a ideia de riff usando um software livre mais do que versátil e útil para isso chamado Audacity (além de ser o “canivete suiço” do áudio digital, ainda é multiplataforma).

Gravei o arquivo na boa e velha pasta onde deixo sempre minhas ideias musicais armazenadas, mas desta vez tive uma ideia diferente: Será que eu preciso mesmo fazer esta música toda sozinho ? Será que ela vai ser mais útil armazenada na minha “pasta de ideias” ou solta pela rede ?

Depois de pensar um pouco sobre o assunto, resolvi fazer diferente… resolvi criar uma música livre !

A ideia é bem básica: Gravei os instrumentos que consegui (Guitarra e Bateria) e resolvi disponibilizar as faixas aqui no meu blog para que as pessoas façam o que quiser com elas. Antes disso, resolvi enviar o material para alguns amigos ouvirem, e qual foi minha surpresa ao receber de um deles (Deivi, parceiro de várias batalhas) um e-mail dizendo: “Segura aí que vou gravar um baixo para colocar nela.”… Eu até ia pedir prá ele fazer isso mesmo, mas nem precisou.

Foi o Deivi também que deu o nome para esta experiência, “Fork Blues”.

Fork é o nome dado para as divisões (ou derivações) que existem de um determinado projeto de software livre. Estas derivações normalmente são feitas para que se possa implementar algumas funcionalidades em um software que atenda a um grupo específico, e não necessariamente a toda a comunidade. Espero que assim seja este nosso blues: um Fork eterno.

Minha parte já foi feita, e a do Deivi também (apesar de que ele já me disse que fez uma segunda versão da linha de baixo, criando o primeiro fork do blues). Agora vem a parte de vocês e na boa, qualquer um com um PC e um microfone pode participar da brincadeira.

Primeiro passo é baixar o Audacity no seu computador. O segundo é procurar na rede um tutorial sobre ele (eu encontrei dezenas e por isso nem sei qual é o melhor para indicar aqui). Ao invés de apontar um tutorial em especial, prefiro deixar aqui os macro passos do que precisa ser feito:

1. Abra a faixa que deseja no Audacity.

2. Verifique que seu microfone/instrumento musical esteja conectado ao Audacity e que seja possível gravar dele (milhões de tutoriais ensiam a fazer isso).

3. Adicione uma nova trilha ao projeto do Audacity, e conecte seu microfone/instrumento a ela.

4. Coloque a faixa para tocar e grave a sua contribuição.

5. Use a função “exportar” do Audacity para gerar o arquivo final (em .OGG, formato aberto de áudio).

Se você tiver tempo e paciência suficiente, existem diversos tutoriais que ensinam como mixar as trilhas, adicionar efeitos e masterizar sua música no Audacity.

Para quem tem mais conhecimentos em música e em software livre, recomendo mesmo é a utilização do Jack com o Ardour para a mesma operação (foi o que utilizei para gravar as guitarras e a bateria, e o detalhe aqui é que usei um violão elétrico para a gravação, e até a minha pedaleira foi um software livre,  Rakarrack).

A única exigência que faço pela utilização das faixas que estou disponibilizando é:

1. O material produzido com elas deve ser disponibilizado na Internet, respeitando estas mesmas exigências.

2. A URL com o link deste material disponibilizado na Internet deverá ser enviado como comentário a este post no meu blog.

3. Façam o que quiser com a música. Quanto mais Fork, melhor !

Espero que os itens 1 e 3 garantam a liberdade da música (e sua longevidade) e que o item 2 nos garanta uma forma centralizada de ter acesso aos forks…

As faixas são:

Guitarras

Guitarras e bateria

Baixo

Guitarras, bateria e baixo (versão mais completa que vou disponibilizar)

Está esperando o que para colocar uma letra nesse blues e soltar a voz no microfone ? Só sabe tocar campainha ? Aposto que cabe uma campainha no Fork Blues !

Boa diversão a todos, e espero que este projeto seja a prova de que juntos podemos muito mais !

Não vejo a hora de receber os links para as contribuições de vocês… Vida longa ao Fork Blues !

Share/Save/Bookmark

5 Responses to “O Fork Blues…”

  1. Criatividade coletiva… o Fork Blues ! | Trezentos

    […] as regras e jogue o jogo… certamente você tem muito o que cantar !…. aqui […]

  2. Mario Rinaldi

    Um fork do seu blues: aumenta a rotação da gitarra e você tem um surf music!!!! =D

  3. Marx

    Legal isso. Olha só como esse ficou bom http://www.playingforchange.com/episodes/2/Stand_By_Me

  4. Jorge Dersu

    isso, a música é livre. ela está no ar, e é boa de fazer e ouvir. música livre.

  5. Mendes

    Ficou ótima a batida Jomar. Passei o endereço para alguns alunos da faculdade, vamos ver o que dá a criatividade deles. :D

Deixe seu comentário

Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
Creative Commons License